Cyro de Mattos em plena produção literária

Aos 72 anos de idade, com a função nada fácil de estar como diretor-presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), em razão de muitas demandas, poucos recursos e uma equipe pequena, o escritor e poeta Cyro de Itabuna está em pleno processo de criação literária. Neste ano vai lançar os livrtos “Lorotas, Caretas e Piruetas”, poesia infantil, pela Editora RHJ, de Belo Horizonte, “Vinte e Um Poemas de Amor”, pela Editora Portal, de São Paulo, “Histórias Dispersas de Adonias Filho”, coletânea, pela Editus, e a segunda edição de “Os Brabos”, pela LGE Editora, de Brasília, e “Berro de Fogo e Outras Histórias”, pela Editus. Recentemente a Editora Romar, de Milão, publicou a antologia “Canti dellaterra e dell’acqua”, de Cyro de Mattos, com tradução de Mirella abriani para o italiano. O autor Cyro de Mattos participará como convidado do Projeto O Encontro com o Escritor”, da Fundação Pedro Calmon, quando estará falando sobre seu trajeto literário, processo de criação, motivações de sua arte como poeta, cronista, contista e autor de livros infanto-juvenis, na Biblioteca Pública Estadual dos Barris, em Salvador, no dia 26 deste mês, às 15 horas. O evento faz parte das comemorações do Bicentenário da Biblioteca Pública dos Barris.

EDITORA ITALIANA PUBLICA ANTOLOGIA

“Canti della terra e dell’acqua” é uma antologia do poeta Cyro de Mattos, reunindo 38 poemas, que foi publicada recentemente pela editora Romar, de Milão, com seleção e tradução de Mirella Abriani. A tradutora já traduziu para o italiano Cecília Meireles e Carlos Drummond de Andrade Com esta antologia, Cyro de Mattos alcança a marca de cinco livros de poesia publicados no exterior. Os outros livros são os seguintes: “Vinte Poemas do Rio”, edição bilíngüe, com tradução do poeta Manoel Portela para o inglês, e “Ecológico, ambos editados pela Palimage, de Coimbra, Portugal; “Zwanzig Gedichte von Rio und andere Gedichte”, da Projekte-Verlag, Halle, Alemanha, com tradução de Curt Meyer Clason, e “Poesie della Bahia”, publicação da Runde Taarn Edizoni, em Gerenzano (Varese), Itália, com tradução de Mirella Abriani.

Canti della terra e dell'acqua

A antologia “Canti della terra e dell’acqua” é constituída de quatro partes: Os Sinais da Terra, Águas do Rio, Alguns Bichos e Águas do Mar. No livro estão presentes poemas inspirados na infância, rio Cachoeira, bichos e meio ambiente. Sobre o autor Cyro de Mattos disse Jorge Amado: “Cantor da terra e das águas. Cantor do amor. Pastor de diversos bichos. Tão esplêndido poeta, tão esplêndido ficcionista”. Já a escritora e professora Graziella Corsinovi, da Universidade de Genova, presidente do júri do XII Prêmio Internacional de Poesia Maestrale Marengo d’Oro, assim opinou: “Poesia do mais amplo horizonte histórico e existencial, que evoca mistérios da epopéia brasileira com grande poder de sugestão”.

ENTREVISTA

Fundação Pedro Calmon – Como se sente em participar do Projeto Encontro com o Escritor e qual a sua importância para os escritores?

CM – Contente. Vejo como reconhecimento à minha obra, que a essa altura é constituída de 38 livros, entre volumes de contos, crônicas, poesia, literatura infanto-juvenil e organização de antologias. Tenho livros publicados em Portugal (2), Alemanha (1) e Itália (2). Alguns prêmios literários importantes, no Brasil e exterior. Participar do Projeto Encontro com o Escritor vale também como um prêmio. Aproxima os autores do público leitor, contribui para que a obra seja conhecida na Bahia. O projeto é assim um incentivo importante para que os escritores baianos continuem na jornada.

Fundação Pedro Calmon – Quais são os tópicos da sua carreira literária que vai abordar durante o Encontro?

CM – Meu trajeto literário, por que escrevo, de como se dá meu processo de criação, minhas motivações no conto, crônica, poesia, livros infanto-juvenis e organização de antologias, para que serve a obra literária, entre outros.
Fundação Pedro Calmon – Na sua visão, quais são as principais dificuldades do escritor baiano na atualidade?

CM– Falta espaço na mídia para que sejam divulgados seus textos e atividades. Falta principalmente um contexto editorial suficiente para publicar o autor baiano, fazendo com que o livro dele circule em outras praças. Por que existem boas editoras há anos em Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife? Os catálogos com coleções das editoras LPM, no Rio Grande do Sul, Dimensão, RHJ e Miguelim em Minas Gerais, e Bagaço, em Pernambuco, ampliam-se através da publicação de autores locais. As obras desses autores são distribuídas nas livrarias tradicionais e virtuais brasileiras, e vendem. Dão retorno econômico ao editor. Por que não existe sequer uma editora em Salvador com condições de publicar decentemente o autor baiano? Refiro-me àquela para a qual o autor não precisa nem financiar seu trabalho nem ser seu próprio distribuidor. É caso raro o do autor que reside em Salvador ou no interior baiano quando consegue publicar sua obra em editora de grande porte situada no eixo do Rio e São Paulo, com circulação nacional. Falta uma política institucional pública mais arrojada para através de co-edições, por exemplo, fornecer certa condição para que a editora baiana que está nascendo tenha assim algum suporte para sobreviver e crescer. É preciso também uma legislação que obrigue as universidades e colégios estudarem o autor baiano, no vestibular e na sala de aula. É preciso criar novas estratégias. A Bahia tem de sobra bons autores. Falta mesmo é o editor com espírito empresarial para esse tipo de atividade econômica. E uma política pública institucional que o estimule, com mecanismos eficazes para que ele progrida. Desenvolva e fortaleça um complexo editorial abrangente e ideal.

Cyro de Mattos é autor premiado no Brasil e exterior. Atual diretor-presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s