Lançamento da 51ª edição da Revista da Academia de Letras da Bahia (1 de agosto)

RevistaALB_51A Revista da Academia de Letras da Bahia, edição nº 51, será lançada nesta quinta-feira, 1º de agosto, às 18h, na sala de reuniões do Palacete Góes Calmon, sede da ALB, na Avenida Joana Angélica, 198, no bairro de Nazaré, em Salvador, com entrada franca. Mantendo uma tradição de mais de 50 anos, a Revista da Academia de Letras da Bahia é um veículo anual de literatura, artes e ideias, para a publicação de artigos, ensaios, poemas, contos e discursos dos acadêmicos, além da colaboração de outros poetas e escritores da Bahia, dos demais estados brasileiros e do exterior.

Nessa edição, a Revista da ALB traz textos de Aaron Rueda, Alain Saint-Saëns, Aleilton Fonseca, Antonella Rita Roscilli, Antonio Carlos Secchin, Antonio Maura, Aramis Ribeiro Costa, Carlos Ribeiro, Cássia Lopes, Consuelo Novais Sampaio, Consuelo Pondé de Sena, Cyro de Mattos, Dom Emanuel D’Able do Amaral,Dominique Stoenesco, Edivaldo M. Boaventura, Evelina Hoisel, Fernando da Rocha Peres, Flamarion Silva, Florisvaldo Mattos, Francisco Senna, Gláucia Lemos, Hélio Pólvora, Herculano Assis, Joaci Góes, João Eurico Matta, João Ubaldo Ribeiro, José Inácio Vieira de Melo, Luís Antonio Cajazeira Ramos, Manuel Anastácio, Maurício Melo Júnior, Max Alhau, Myriam Fraga, Rita Olivieri-Godet, Ruy Espinheira Filho, Siberio Duck e Waldir Freitas Oliveira.

Em breve, o conteúdo do nº 51 da Revista da ALB estará disponível para download em https://academiadeletrasdabahia.wordpress.com/revistas/.

“Meus poemas portugueses” com Fernando da Rocha Peres

Por Barbara Coelho


Foto: Arquivo/Bruno

Foto: Arquivo/Bruno

O acadêmico Fernando da Rocha Peres apresentou, em palestra intitulada Meus poemas portugueses, no dia 18 de julho, sua “receita de poemas antigos e novos”. Os poemas farão parte do seu novo livro Horta de poesia: poemas portugueses.

O livro apresenta 88 poemas, sendo 30 inéditos, fruto da relação do poeta com Portugal desde 1966. Segundo Peres “trata-se de uma nova seleção”. Ele explicou aspectos que contribuíram para a divisão dos poemas e a escolha do título da obra, que foi inspirado em sulcos de uma horta semeada pela reunião dos poemas, que são separados por ilustrações de Vauluizo Bezerra.

Os roteiros de suas viagens em terras lusitanas e a aura em torno dos lugares visitados influenciaram nos poemas, a exemplo de “Bala de amorol”. Sua experiência de historiador fica evidente nos versos e nos comentários que acompanharam os poemas.

Peres se apropria dos poemas de Fernando Pessoa, Luís de Camões, Camilo Pessanha, Sebastião da Gama, e outros, a partir de uma visão histórica. “Como viram, eu pude aprisionar aquilo que está no poema, aquilo que eu vivi, aquilo que eu sabia”, disse.

A poesia de Peres traduz aspectos estéticos e emotivos, despertando nos ouvintes em contato com seus versos declamados, suas experiências nas cidades portuguesas.

Festival Gèlèdé: Origem Iconografia e Significado (29 de julho)

festival_geledeFestival Gèlèdé: Origem Iconografia e Significado (29/07 a 2/08)

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e a Academia de Letras da Bahia (ALB) realizará, de 29 de julho a 2 de agosto de 2013,  o Festival Gèlèdé: Origem Iconografia e Significado.

O Festival Gèlèdé dos yorubas da África ocidental é uma encenação pública de máscaras coloridas com o objetivo de divertir, educar o público e louvar os orixás.

LOCAL DO CURSO
Auditório da Academia de Letras da Bahia

PERÍODO: 29/07 a 02/08/2013
das 14:00h às 17:00h

Maiores informações, programação e inscrições no site do evento:

www.cdi.uneb.br/festivalgelede ou http://www.cdi.uneb.br/festivalgelede/p/disciplinas.html

Lançamento de Rubem Braga: um escritor combativo

Por Barbara Coelho

Livro_RubemBraga_UmEscritorComativo_CarlosRibeiroA Academia de Letras da Bahia realizou em sessão especial, no dia 4 de julho, o lançamento do livro Rubem Braga: um escritor combativo – a outra face do cronista lírico, do escritor e acadêmico Carlos Ribeiro.

Em comemoração ao centenário de nascimento de um dos grandes nomes da crônica brasileira, o também cronista Carlos Ribeiro falou sobre a importância do trabalho literário de Rubem Braga (1913-1990). Na ocasião foi realizada uma mesa redonda com a participação da professora do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, Antônia Herrera.

Carlos Ribeiro fez a leitura de crônicas inéditas de Braga, destacando o forte teor social e político de uma vertente bastante esquecida de sua obra, analisada em seu livro, publicado recentemente pela editora BookLink. Ressaltou também o lançamento da antologia Rubem Braga, pela “Coleção Melhores Crônicas” da editora Global, organizada pela escritora Edla van Steen, com seleção e prefácio do próprio Ribeiro.

“Os dois livros integram as comemorações pelo centenário de nascimento do autor de Ai de ti, Copacabana, razão pela qual esse evento, na Academia de Letras da Bahia, tem uma grande importância simbólica”, diz o acadêmico.

O evento de final de tarde contou com a participação do ator Laudio Dourado, que declamou a crônica “Recado ao Sr. 903” de Rubem Braga.

Outro título de Carlos Ribeiro sobre Rubem Braga:

– Caçador de ventos e melancolias: um estudo da lírica nas crônicas de Rubem Braga, publicado pela Editora da Universidade Federal da Bahia, Edufba, em 2001, está disponível para leitura na Biblioteca da Academia de Letras da Bahia.

Fotos do Evento:

 Lancamento_Livro_RubemBraga_UmEscritorComativo_2 Lancamento_Livro_RubemBraga_UmEscritorComativo_1

Seminários Arte e Pensamento

Seminários Arte e PensamentoA Academia de Letras da Bahia promove o evento “Seminários Arte e Pensamento“.

A primeira etapa do evento ocorrerá no dia 25 de julho às 17:00hs e contará com uma Mesa Redonda a qual terá o tema “O Corpo e suas Cartografias” na qual participarão a escritora Cleise Mendes, o artista plástico Vauluizo Bezerra e o filósofo e professor da UFRJ Guilherme Castelo Branco. A mesa será mediada por Evelina Hoisel, professora da UFBA e membro da ALB.

Já a segunda etapa acontecerá no dia 22 de agosto, também às 17:00hs, e será composta pela conferência “A Paz Perpétua em Antônio Vieira: Perspectiva e Atualidade” que será apresentada pelo filósofo e professor da Universidade de Lisboa, Pedro Calafate . A conferência será moderada pelo escritor e presidente da ALB, Aramis Ribeiro Costa.

Clique no cartaz para mais informações.

Convite para o Lançamento do Livro “Melhores Poemas de Sosígenes Costa”

 

LIVRO_MelhoresPoemasDeSosigenesCosta

Lançamento do livro MELHORES POEMAS DE SOSÍGENES COSTA – organizado por Aleilton Fonseca, pela Editora Global, de São Paulo. Uma coletânea da melhor poesia do grande poeta de Belmonte e Ilhéus.

Local: Academia de Letras da Bahia, Av. Joana Angélica 198, Bairro Nazaré, Salvador- Bahia (ao lado da Escola de Eletromecânica, Largo da Poeira).

Dia: 16 de julho, terça-feira

Hora: 17h às 19h30