IV Simposio Internacional de Humanidades – A poesia entre três margens

Un rio en los ojos (Um rio nos olhos), uma tradução do poeta e ficcionista Alain Saint-Saës

Un rio en los ojos (Um rio nos olhos), uma tradução do poeta e ficcionista Alain Saint-Saës

O acadêmico baiano Aleilton Fonseca (54) é um dos escritores homenageados no IV Simpósio Internacional de Humanidades, a ser realizado de 6 a 9 de agosto, em Assunção, Paraguai. No evento, Fonseca recebe o título de “Profesor de Honor de Humanidades de la Universidad del Norte”, entregue em solenidade oficial, pelo reitor Dr. Juan Manuel Marcos, político, educador e romancista paraguaio. Também faz uma conferência, intitulada “O fluxo das Águas: Veredas ecológicas na poesia de Guimarães Rosa” e lança o livro “Un rio en los ojos (Um rio nos olhos), uma tradução do poeta e ficcionista Alain Saint-Saës, publicada pela editora University Press of the South, dos Estados Unidos.

A obra poética e ficcional de Aleilton Fonseca constitui um dos temas do evento, sendo objeto de conferências que serão apresentadas por Alain Saint-Saëns (Paraguai), María Pugliese (Argentina), e os brasileiros Benedito Veiga, Ivana Gund, Joabson Figueiredo, Rita Santos e Evila Oliveira. Além de vários brasileiros de outros estados, participam do evento outros estudiosos baianos, como Rosana Ribeiro Patricio, Mariana Batista, Karina Sales, Elis Angela Franco e ainda, o francês Dominique Stoenesco, membro correspondente da ALB, que apresenta um trabalho sobre a poesia de Antônio Brasileiro.

Outros escritores brasileiros estudados no evento são Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Ferreira Gullar, Sosígenes Costa, Manoel de Barros, Helena Parente Cunha, Orildes Fontela, Antonio Brasileiro, Idmar Baoaventura e Tom Jobim entre autores de outros países latinoamericanos como Carmen Soler, Josefina Plá, Elza Wiesell, Maria Concepción Leyes de Chaves, Dulce Maria Loynaz, Jacobo Rauskin, Miguel Ángel Fernández, Juan Manuel Marcos, Rubén Bareiro Saguier, y Rubén Bareiro Saguier, Vachel Lindsay e Octavio Paz.

Segundo o seu coordenador, o escritor e professor Alain Saint-Saëns, o evento tem sido uma forma de aproximar escritores e pesquisadores das literaturas latinoamericanas, num contexto de estudos e confraternização, como ponto de partida para novos projetos de circulação de livros e ideias, em busca de maior intercâmbio cultural em nosso continente. Os temas do simpósio abrangem poesia, ficção e música entendidas como um rio, com afluentes, confluências, margens e deltas. Serão apresentados diversos estudos críticos sobre a poesia e a ficção na América Latina, numa perspectiva comparativa entre diferentes autores e culturas de diversos países. Os estudos constituem reflexões críticas e teóricas sobre a obra dos autores, suas fontes de criação e referência e a lógica interna de seus textos. Abrangem também as relações entre diferentes formas, como a poesia, o conto e o romance, e com outras formas de arte como a pintura, a música, a as artes plásticas.
O Simpósio será realizado no Gran Hotel del Paraguay, Assunção, com uma exposição de livros dos autores presentes e/ou estudados, lançamentos e sessões de autógrafos.

Confira a programação aqui. Para mais informações entre no site do evento.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s