ALB premia o historiador João José Reis pelo conjunto da obra

O historiador João José Reis, autor de obras referenciais da historiografia brasileira contemporânea, a exemplo de A Morte é uma Festa: Ritos Fúnebres e Revolta Popular no Brasil do Século XIX e Rebelião Escrava no Brasil: a História do Levante dos Malês (1835), recebeu, no último dia 18 de dezembro, o Prêmio Conjunto de Obra Academia de Letras da Bahia/Eletrogóes 2014.

A cerimônia de entrega do prêmio, dirigida pelo presidente da ALB Aramis Ribeiro Costa, ocorreu durante a festa de confraternização dos acadêmicos e funcionários, com a presença de acadêmicos e personalidades culturais da Bahia.
Natural de Salvador, Bahia, onde nasceu em 1952, João José Reis é doutor em História pela Universidade de Minnesota (EUA) e professor do Departamento de História da Universidade Federal da Bahia. É vencedor de diversos prêmios, dentre os quais o Casa de las Américas, em 2012, o Jabuti (melhor ensaio) e o Haring (melhor obra historiográfica latino-americana), ambos em 1992 pelo livro A Morte é uma Festa: Ritos Fúnebres e Revolta Popular no Brasil do Século XIX.

Anúncios