Ruy Espinheira lança coletânea de poesias premiadas

O escritor, jornalista e imortal da Academia de Letras da Bahia, Ruy Espinheira, ocupante da Cadeira nº 17, foi prestigiado por amigos e intelectuais da literatura baiana durante o lançamento da sua nova obra literária, Noite Alta e outros poemas. O evento aconteceu na última quinta feira (29.10), na sede da ALB, no Palacete Góes Calmon, em Nazaré.

A publicação dá continuidade a obra poética do autor já consagrada pela crítica e vencedora ou finalista dos mais importantes prêmios literários do Brasil, dentre os quais Cruz e Souza (As Sombras Luminosas), Ribeiro Couto (Memória da Chuva) e o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras, este por Elegia de Agosto e outros Poemas.

Em agosto deste ano, o escritor já havia lançado o livro Poemas de amor e morte, também na ALB. A publicação, que reúne 132 textos do autor dedicados às temáticas referidas no título, foi publicada em parceria conjunta entre a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia e Academia de Letras da Bahia.

Sobre o autor:

Mestre em Ciências Sociais, jornalista e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Ruy Espinheira é um dos mais premiados escritores do país, com mais de 30 títulos. Sua produção passa por poesia, ficção, ensaios sobre Jorge de Lima, Mário de Andrade e Manuel Bandeira. Entre seus livros publicados estão: As sombras luminosas (1981), vencedor do Prêmio Nacional de Poesia Cruz e Sousa; Memória da chuva (1996); finalista do Prêmio Nestlé de Literatura Brasileira e do Prêmio Jabuti, ambos em 1997; Prêmio Ribeiro Couto, da União Brasileira de Escritores, em 1998. Elegia de agosto e outros poemas (2005), que recebeu o Prêmio Academia Brasileira de Letras de Poesia, 2006.

  • Confira a biografia completa de Ruy Espinheira Filho, clique aqui.
Anúncios