Prêmio consagra obra literária de Myriam Fraga

A poeta e imortal Myriam Fraga foi premiada, na última segunda-feira (16.11), por sua contribuição à literatura baiana e brasileira. O prêmio pelo conjunto de obra foi entregue pela Academia de Letras da Bahia e Eletregoes, no Palacete Góes Calmon, sede da ALB, em Nazaré. Na ocasião, a acadêmica também lançou o seu novo livro Rainha Vashti, que destaca o papel da monarca persa destituída do cargo pelo rei Xerxes. O poema dramático, da editora A RODA, é uma parceria entre Myriam Fraga, Olga Gómez (ilustrações) e Marcus Sampaio (projeto gráfico), com apresentação da dramaturga e acadêmica Cleise Mendes.

Sobre a escritora

A acadêmica é a atual vice-presidente da Academia de Letras da Bahia, ocupando a Cadeira nº13, e possui diversos livros publicados, entre poesia e prosa. Participou de várias antologias no Brasil e exterior, tendo poemas traduzidos para o inglês, francês e alemão. Suas recentes publicações são: Sesmaria e Femina (poesia), Jorge Amado, Castro Alves, Luiz Gama, Carybé (literatura infantil) e Leonídia – a musa infeliz do poeta Castro Alves (biografia), entre outros. Exerce também o cargo de diretora da Fundação Casa de Jorge Amado.

Anúncios