Myriam Fraga é lembrada pelos imortais da ALB

A poeta Myriam Fraga, falecida em fevereiro deste ano, aos 78 anos, recebeu uma delicada homenagem dos imortais da Academia de Letras da Bahia, na noite desta quinta-feira (31.03). Myriam, que ocupava a Cadeira nº 13 e exercia a vice-presidência da instituição, havia sido saudada em julho de 2015 pelos seus 30 anos de ALB, recebendo também o Prêmio pelo Conjunto de Obra, da Academia de Letras da Bahia, patrocinado pela Eletrogoes, em novembro de 2015.
“Muitos acadêmicos passaram pela ALB. Alguns deixaram admiração pelo nome, pela obra, mas alguns, na verdade, sequer passaram por aqui, não conviveram com a casa. Myriam conviveu diariamente com a vida desta Academia, e, durante muito tempo, conviveremos com Myriam Fraga e sua obra”, disse um dos confrades, durante a sessão.

Na ocasião, a poeta foi representada por sua filha Angela Fraga de Sá, que assumiu a direção da Fundação Casa de Jorge Amado. O escritor e imortal Clóvis Lima, falecido neste mês mês de março, aos 102 anos, também recebeu suas homenagens dos colegas de instituição. Participaram do encontro os acadêmicos Evelina Hoisel (Presidente), Aramis Ribeiro Costa, Edivaldo M. Boaventura, Armando Avena, Joaci Góes, Urânia Peres, João Eurico Matta, Fernando da Rocha Peres, Gláucia Lemos, Paulo Ormindo e Carlos Ribeiro.

Anúncios