Presidente da ALB destaca importância de premiação literária

A presidente da Academia de Letras da Bahia, Evelina Hoisel, voltou a destacar a importância do Prêmio Nacional Academia de Letras da Bahia para o cenário literário brasileiro. Até o dia 15 de abril, a instituição estará recebendo as inscrições para a premiação, que este ano contemplará o gênero Conto.
“É um incentivo à literatura brasileira, a autores e contistas de todo o Brasil, os quais se veem motivados ao exercício permanente da escrita literária, que necessita, como as demais artes, de mecanismos que promovam o seu desenvolvimento, no setor da economia criativa. Além da premiação, e seu aporte financeiro, o Prêmio possibilitará ao autor, com a publicação e circulação da obra premiada, alcançar o seu maior objetivo depois da própria escrita, que é o leitor”, frisou.

O concurso literário, que há mais de três décadas tem revelado talentos da literatura brasileira, é umas das premiações de maior prestígio no Brasil, destacando obras e autores novos e consagrados como Clarissa Macedo (Na pata do cavalo há sete abismos), Evaldo Balbino (Amores oblíquos), Roberval Pereyr (Mirantes) e Ordep Serra (Ronda: oratório malungo). Este ano o prêmio contempla o gênero Conto.

Contemplado pelo Edital Arte em Toda Parte – Ano III, da Fundação Gregório de Mattos, órgão da Prefeitura de Salvador, o Prêmio Nacional Academia de Letras da Bahia – Conto 2016 premiará o vencedor com o valor de R$ 15 mil reais e a publicação do livro por uma editora nacional. O resultado será divulgado até o dia 5 de maio. O regulamento do concurso e formas de envio dos trabalhos poderão ser consultados no site da Academia de Letras da Bahia, através do endereço http://www.academiadeletrasdabahia.wordpress.com.

Anúncios