Lançamento de livro leva teatro e literatura à ALB

Com direito a apresentação teatral, encabeçado pelos artistas Jackson Costa e Margareth Menezes, o escritor e jornalista Edson Lodi lançou nesta terça-feira (28.03), na sede da Academia de Letras da Bahia, o livro Madiha. Este é o quinto livro do escritor mineiro radicado em Brasília, sendo o primeiro do gênero conto.

Madiha apresenta três surpreendentes histórias de uma jovem nascida em uma tribo africana e que enfrenta as consequências de uma terrível seca, narrando também a sua jornada para o reencontro com o filho e com o seu povo, de quem ela se separou após cair de um navio durante uma tempestade em alto-mar. A publicação marca a estreia do autor com obra voltada para o público infantojuvenil. “O livro é a natureza presente como dádiva. Uma narrativa exemplar, uma fábula que aponta para o caminho da felicidade, do conhecimento, de si próprio, para os valores, indelegos do viver”, contou Antônia Torreão Herrera, professora do departamento de Letras da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Herrera qualificou a obra como sendo “um encanto que nos ensina o valor da amizade como expressão mais fina do amor, da esperança, da força do querer e da liberdade”. “Um modo de nos fazer ver a beleza da vida, a grandeza de existir, consciente de si, e da existência do outro, seja ele um destino, uma filha, uma mãe, um pai. Ensina-se, portanto, a atenção, a observação, a contemplação, a percepção”, elogiou. Por sua vez, o autor disse que escrever o livro o fez repensar sobre o real sentido da vida. “Ela só tem sentido quando a gente se une e procura trabalhar com a ajuda dos outros; quando nos unimos para cuidar um dos outros”, agradeceu Lodi.

O livro, que foi publicado pela editora Bom de Ler, conta com ilustrações do ilheense Tiago Hoisel e desenhos de abertura de Cecília Lodi. O projeto gráfico é assinado por Fabiano Bastos, Thais Damião e Rachel Simões Hoisel.

Anúncios