Nelson Cerqueira assume Cadeira nº 04 da Academia de Letras da Bahia

Com um discurso que evocou nomes clássicos da literatura mundial como Luís de Camões, Carlos Drummond de Andrade, Jean-Paul Sartre e Jorge Luís Borges, o professor baiano Nelson Cerqueira foi empossado, na última quinta-feira (11.05), na Academia de Letras da Bahia. O ato acontece após o falecimento do acadêmico Geraldo Machado, antes ocupante da Cadeira nº 04.

Recepcionado por amigos, familiares e confrades da instituição centenária, Cerqueira chega ao sodalício trazendo uma vasta bagagem cultural acumulada ao longo de décadas após passagem por instituições nacionais e internacionais. “Um exemplo de atuação acadêmica, disciplina, de amor à cultura e erudição, maior que todo esse conhecimento, é a sua humildade”, disse o imortal Joaci Góes, responsável pela sua recepção à casa de cultura.

Autor de 19 livros, dentre eles um que fala sobre a vida e obra de Jorge Amado, o novo acadêmico é docente da área do Direito, onde leciona em universidades públicas e privadas ementas ligadas à arte, literatura e cinema. Natural do município de Irará, sertão baiano, Nelson Cerqueira traz em seu currículo estudos realizados na Alemanha, Inglaterra, França e Estados Unidos, experiências que o tornaram fluente em mais de seis idiomas.
“Um poliglota. Um exímio conhecedor da língua inglesa, francesa, alemã, espanhola, italiana e russa. Além disso, ouso dizer que é o homem que mais adquiriu bolsas de estudos no mundo. São 20 delas em 35 anos como pesquisador”, acrescentou Góes.

Em seu discurso de posse, Cerqueira fez uma analogia entre as obras poéticas dos autores Luís Vaz de Camões e Homero, respectivamente Lusíadas e Odisséia, e a sua chegada à ALB. “Minha nau navega e segue com a bússola atenta. Nesse navio exploratório chega com olhos vigilantes esse sertanejo com a mítica e inspiração eterna para ser recebido neste belo ancoradouro, neste solo sagrado”, expressou. Ele assume a Cadeira nº 04 que tem como patrono Sebastião da Rocha Pita e fundador Braz Hermenegildo do Amaral. Outros nomes também já assumiram este assento, a exemplo de João da Costa Pinto Dantas Júnior, Jayme de Sá Menezes e o próprio Geraldo Machado, último ocupante.

Imagens: João Batista

Anúncios