Membro correspondente da ALB é eleito para a British Academy

M

Membro correspondente da Academia de Letras da Bahia, o historiador baiano Paulo Fernando de Moraes Farias foi eleito, no dia 20 de julho, membro da Academia Britânica (Fellow of the British Academy), instituição nacional britânica de humanidades e ciências sociais, fundada em 1902. Ao todo, 800 acadêmicos integram a agremiação.

Nascido na Bahia, porém radicado na Inglaterra, onde é professor honorário da Universidade de Birmingham, Moraes Farias é um dos mais renomados africanistas da atualidade, sendo responsável por importantes estudos envolvendo a chamada Idade Média, realizando interfaces entre o islã e as tradições africanas, bem como a epigrafia árabe medieval.

Os intelectuais da Academia Britânica representam o melhor da pesquisa de humanidades e ciências sociais no Reino Unido e em todo o mundo. Os novos acadêmicos, incluindo Moraes Farias, são especialistas em temas que vão desde a teoria feminista ao desenvolvimento econômico da África; história medieval à filosofia indiana e percepção do rosto.

Anúncios