ALB recebe público para ouvir “Os mitos de Édipo”

O acadêmico Ordep Serra ministrou nos dias 25 e 26 de abril (quarta e quinta-feiras), na sede da Academia de Letras da Bahia, o seminário “Os mitos de Édipo”. Cerca de 25 pessoas participaram das discussões, que abordou temas ligados à distinção entre mito e mitologia, a problemática dos testemunhos antigos, literários e iconográficos de mitos relacionados com o herói Édipo, bem como o seu papel na epopéia, na tragédia e na construção moderna. Édipo é um personagem da mitologia grega, famoso por matar o pai e casar-se com a própria mãe.


Anúncios

Livro de Cyro de Mattos traduzido para o italiano será apresentado em salão internacional

A antologia poética Poesie Brasiliane della Bahia (Poesia Brasileira da Bahia), do baiano e acadêmico Cyro de Mattos, será apresentada pela Aracne Editora no Salão Internacional do Livro em Turim, Itália, que será realizado de 10 a 14 de maio de 2018. Ao todo, mais de 300 editoras de 81 países participarão do evento. O livro Poesie Brasiliane della Bahia integra a Coleção Ragnatele, sendo traduzido para o italiano por Mirella Abriani. A imagem da capa é de autoria do desenhista baiano Ângelo Roberto.

Com doze livros publicados em várias editoras europeias, Poesie Brasiliane della Bahia é o quinto livro do autor baiano Cyro de Mattos publicado na Itália. A antologia reúne poemas selecionados dos livros Cancioneiro do Cacau, Vinte Poemas do Rio, Ecológico, Oratório de Natal e dos inéditos Rumores de Relva e Mar, Devoto do Campo e Agudo Mundo. 

Seminário discute os mitos de Édipo; inscrições abertas

00

O acadêmico Ordep Serra ministrará nos dias 25 e 26 de abril o seminário “Os Mitos de Édipo”. A discussão, que acontece na sede da Academia de Letras da Bahia, no bairro de Nazaré, se destina a uma reflexão sobre os mitos gregos relativos ao herói Édipo, tendo como ponto de partida a observação de que eles precedem a construção do chamado “mito de Édipo”, cuja singularidade se construiu e afirmou a partir de análises modernas sobre uma obra trágica tirada do contexto dramático em que teve origem. As inscrições  – gratuitas – poderão ser realizadas através deste link. Será emitido certificado ao participante que obtiver 75% de frequência no seminário.

O seminário é aberto a pessoas interessadas na abordagem dos mitos clássicos e sua reconstrução moderna, a exemplo de escritores, psicólogos, analistas e estudantes. As inscrições podem ser realizadas no Solar Góes Calmon, localizado Avenida Joana Angélica, nº 198. Os debates acontecem sempre das 14:30 horas às 18:30 horas.

ALB recebe visita de alunos e professores de universidades federais

 

A troca de experiências institucionais foi um dos motivos da visita à sede da Academia de Letras da Bahia de alunos e professores do curso de biblioteconomia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e da Universidade Federal do Pará (UFPA). O encontro, ocorrido nesta quarta-feira (18.04), buscou identificar as atividades e práticas biblioteconômicas, arquivísticas e museológicas executadas pela ALB, bem como promover o conhecimento crítico sobre a importância dos centros de memórias, além da preservação e disseminação de informação contida nos suportes disponibilizados em seus acervos.

Durante a visita técnica, foram discutidos assuntos envolvendo o processamento técnico do acervo, a sua classificação e indexação, vantagens e desvantagens no processo de gestão de acervos especiais, históricos e de memória. Participaram do encontro nomes como Stefanie Cavalcanti, professora de História do Livro e das Bibliotecas e Políticas de Preservação da Unirio; Fabiano Cataldo, professor de História do Livro e das Bibliotecas e Políticas de Preservação da Unirio; Vinícius Tolentino, professor de Representação Descritiva da Unirio; Elisangela Silva da Costa, professora da UFPA, da disciplina Representação Temática da Informação; Katia Leal, aluna da Unirio; Claudia Souza, aluna da Unirio; Bruno Lopes do Rosário, coordenador do Arquivo da ALB; Marcelo Fraga da Silva, coordenador da Biblioteca da ALB; e Overlúcia Rodrigues Silva, auxiliar de Biblioteca da ALB.

Estudantes visitam instalações da ALB

A Academia de Letras da Bahia recebeu na última sexta-feira (13) a visita de 25 alunos do Centro de Ensino Grau Técnico (unidades da Fonte Nova e Cajazeiras) da capital baiana. Os estudantes, acompanhados do instrutor Gilberto Vilaça, tiveram a oportunidade de conhecer de perto as instalações da ALB, sobretudo o acervo centenário da instituição literária. Esta iniciativa é permanentemente apoiada pela Academia, especialmente para difundir a memória cultural do Estado.

  • Confira fotos da visita guiada:

Livro destaca os 100 anos de atuação da ALB

O empenho intelectual de preservar a memória cultural do Estado fez com que a Academia de Letras da Bahia lançasse, no último dia 10 (terça-feira), um livro comemorativo aos 100 anos da sua fundação. Intitulado Academia de Letras da Bahia: um século de história, a publicação narra a trajetória da entidade a partir de imagens e textos escritos por acadêmicos. A cerimônia de lançamento aconteceu na sede da ALB, Solar Góes Calmon, localizado no bairro de Nazaré. Publicado pela editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba), com o apoio da Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, o livro foi disponibilizado gratuitamente ao público presente à solenidade. A ALB foi fundada em sete de março 1917 pelo engenheiro baiano Arlindo Fragoso. As primeiras atividades tiveram início em abril deste mesmo ano.

Diploma
O encerramento do ano do centenário da Academia de Letras da Bahia contou ainda com a concessão às instituições parceiras do título de “Diploma Amigo da Academia”. Nomes como o da Prefeitura Municipal de Salvador, Assembleia Legislativa da Bahia, Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, dentre outras, foram homenageadas pela casa de cultura.