Acadêmico João Carlos Salles lança novo livro

O reitor da Universidades Federal da Bahia (Ufba) e membro da Academia de Letras da Bahia, João Carlos Salles, lançou, nesta quarta-feira (13), o livro “Análise & Gramática: mais estudos sobre Ernest Sosa e Wittgenstein”, publicado pela Quarteto Editora. O encontro aconteceu na Reitoria da universidade, data em que se comemorou o dia de Santo Antônio e aniversário da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH/Ufba).

  • Confira o texto da orelha de Análise & Gramática: 

* * *
Algumas distinções fazem a fortuna de manuais, mas devem ser evitadas na prática filosófica. Uma delas é a que separa radicalmente analíticos e continentais; outra, a que distingue por completo a tarefa universal da lógica da tarefa, talvez mais circunstancial, da epistemologia.

Fazemos bem em ignorar distinções assim terminantes, sendo uma boa proteção a lembrança de que, qualquer a técnica, qualquer a posição ou argumento, proposições filosóficas ocorrem no contexto e na linguagem singular dessas obras de pensamento, sem as quais não pode haver sentido claro nem medida independente de rigor.

Com efeito, este pequeno livro não é inspirado por manuais, mas sim por mais um confronto do autor com duas obras deveras clássicas, a de Wittgenstein e a de Ernest Sosa, por cuja leitura ele sempre procura reconduzir arranjos argumentativos finos à tessitura de seu contexto filosófico mais amplo.

Não constitui assim uma surpresa que, ao fim e ao cabo, tais universos teóricos possam mesmo se aproximar, irmanando-se a investigação das condições de organização da experiência e a investigação sobre o que seria o conhecimento.

Se lógica e epistemologia podem dialogar, também podemos ver a terapia gramatical servir-se de requintada técnica analítica, ao tempo que a análise do conhecimento não deixa de explicitar as condições conceituais e, logo, gramaticais do que, enfim, pode ser o sujeito que age e conhece.