Academia realiza homenagem a Edivaldo Boaventura

A Academia de Letras da Bahia realizou na noite de ontem (23/10), em seu auditório, uma sessão especial em homenagem ao acadêmico Edivaldo Boaventura, recentemente falecido. Homem das letras, Boaventura projetou-se como uma das mais notáveis personalidades do cenário cultural baiano, deixando um conjunto de obras de valor incontestável.

A sessão foi presidida pelo acadêmico Ordep Serra, que substituiu a presidente da casa, Evelina Hoisel, impossibilitada de comparecer por problemas de saúde. Como orador, o acadêmico João Eurico Matta falou da importância de Edivaldo Boaventura para a Ciência, à Educação e à Cultura, destacando sua contribuição como autor de muitos livros e artigos científicos, colaborando ainda para a criação da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Estiveram presentes à sessão, representando a família do homenageado, a viúva Solange Boaventura e a filha Lídia Boaventura. O evento contou ainda com as presenças do ex-governador baiano Roberto Santos, o presidente da Academia Baiana de Educação, Astor de Castro Pessoa; a cônsul de Portugal na Bahia, Nathalie Viegas; o presidente da Academia de Letras Jurídicas da Bahia, Rodolfo Pamplona;  e o presidente do Instituto Histórico e Geográfico da Bahia, Eduardo Moraes de Castro, além de muitos acadêmicos e amigos do homenageado.

Anúncios