Joaci Góes destaca o papel da educação ao tomar posse como presidente da ALB

Com o auditório lotado de escritores e personalidades do mundo cultural, politico e empresarial da Bahia, o empresário, escritor e jornalista Joaci Góes tomou posse, na ultima quinta-feira, dia 21 de março, no cargo de presidente da Academia de Letras da Bahia. Sua gestão se dará no período de 2019-2021 e, segundo ele, fará tudo para que a instituição, com o peso de sua tradição, respeitabilidade, prestígio moral e intelectual, continue a “exercer papel de relevo junto ao poder público no sentido de fazer da educação o instrumento fundamental do desenvolvimento de nosso Estado, sem o qual o exercício da verdadeira cidadania continuará sendo instrumento de chantagem eleitoral”.

Joaci Góes enalteceu o caráter histórico da instituição, lembrando a sua importância no contexto cultural e social do estado da Bahia. “Quando nos debruçamos sobre as biografias que se vinculam a esta notável Instituição cultural, o sentimento de honra e de responsabilidade de presidi-la, a partir de hoje, é de natureza a fazer derrear os ombros”, disse, observando que “para desincumbirmo-nos a contento das elevadas responsabilidades de dirigir tão notável instituição que pedimos e esperamos receber o apoio dos baianos, de todos os naipes sociais, políticos e econômicos”.

Antes de passar o cargo ao seu sucessor, a presidente da ALB, Evelina Hoisel, fez questão de realizar uma prestação de contas de sua gestão, além de aproveitar a ocasião para lançar mais uma edição da Revista da Academia de Letras da Bahia. Em uma breve retrospectiva, enumerou as principais realizações da ALB nos últimos dois anos, e concluiu:

“A turbulência da crise econômica vivida no país tornou o percurso da diretoria que hoje se despede um tanto árduo, mais laborativo, tendo que enfrentar desafios. Este enfrentamento foi possível porque a Academia de Letras estava em um bom momento de estabilidade administrativa e financeira, resultante do trabalho realizado pelos presidentes que me antecederam, principalmente os benfeitores Edivaldo Machado Boaventura e Aramis Ribeiro Costa. Mesmo assim, fomos atingidos pelos ventos da tempestade e só foi possível atravessar as intempéries com o imprescindível apoio da diretoria, sempre disponível a auxiliar, da participação dos acadêmicos e da afetiva e efetiva compreensão dos funcionários”.

Além de Joaci Góes, tomaram posse na mesma solenidade os escritores Nelson Cerqueira (vice-presidente), Ordep Serra (1o secretário), Gláucia Lemos (2o secretário) e Paulo Ormindo (3o secretário).

Anúncios

Nova diretoria da ALB toma posse

A Academia de Letras da Bahia empossa a sua nova diretoria para o biênio 2019-2021 em solenidade que acontece nesta quinta-feira, dia 21 de março, às 19 horas, na sede da entidade, no bairro de Nazaré. O novo presidente da casa é o acadêmico Joaci Góes. Também integram a diretoria os escritores Nelson Cerqueira (vice-presidente), Ordep Serra (1o secretário), Gláucia Lemos (2o secretário) e Paulo Ormindo (3o secretário). No mesmo dia da posse será lançada pela atual presidente da ALB, Evelina Hoisel,  mais um número da Revista da Academia de Letras da Bahia.

Dom Emanuel recebe Medalha do Mérito da Magistratura

O acadêmico e abade do Mosteiro de São Bento, Dom Emanuel D`Able do Amaral, foi agraciado com a Medalha do Mérito da Magistratura do Tribunal de Justiça das Américas. A cerimônia ocorreu no dia 14 de março, quando foi comemorado os 410 anos de criação do I Tribunal de Justiça das Américas, instalado em 1609, hoje denominado Tribuna de Justiça do Estado da Bahia.

Academia promove Seminário sobre a cidade de Salvador

Em comemoração ao aniversário da cidade de Salvador, a Academia de Letras da Bahia promove em sua sede, no bairro de Nazaré, o seminário A Cidade do Salvador – 470 Anos de História Através dos Séculos. As palestras serão ministradas, a partir do dia 29 de março, pelo professor e acadêmico Francisco Senna, arquiteto e urbanista, um dos mais respeitados conhecedores da história da capital baiana. Informações e inscrições: https://www.even3.com.br/cidadedesalvador470anos/

O seminário envolverá cinco palestras, nos dias 29/03, 05/04,12/04, 26/04 e 03/05, sempre às sextas-feiras, das 16 às 18 horas, no auditório da ALB. Em cada palestra, o acadêmico abordará determinado aspecto da cidade e sua história: a fundação, a consolidação, a evolução, a transformação e a modernização. Serão cobertos quatro séculos de história, desde o momento da chegada do governador geral Thomé de Souza, em 1549, aos dias atuais.

Arquivo da Academia está fechado

A presidência da Academia de Letras da Bahia informa que o arquivo da instituição, muito utilizado para pesquisas e busca de informações, encontra-se temporariamente fechado, em função das obras que vêm sendo realizadas na sede da ALB. Oportunamente será anunciada a reabertura do equipamento.