Cyro de Mattos é eleito para a Academia de Letras da Bahia

IMG-20160816-WA0020

A Academia de Letras da Bahia realizou nesta segunda-feira, 15 de agosto, eleição para escolha do novo ocupante da cadeira nº 22, que pertenceu ao poeta Clóvis Lima, falecido em março deste ano. O eleito foi o escritor itabunense Cyro de Mattos, que é contista, poeta, cronista, ensaísta, autor de livros infantis premiados e membro da Academia de Letras de Itabuna.

Os quase 40 livros já publicados garantiram a Cyro de Mattos mais de 50 prêmios literários, entre eles, o Prêmio Nacional de Ficção Afonso Arinos, concedido pela Academia Brasileira de Letras para o livro “Os Brabos”, o Prêmio Jabuti (menção honrosa) para “Os Recuados” e o Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte para “O Menino Camelô”, entre outros. O lançamento mais recente do autor é o romance “Os Ventos Gemedores”, de 2015, que narra as aventuras e conflitos de um ambicioso migrante do agreste para o sul da Bahia, em busca de terras e riquezas.

Nascido em janeiro de 1939, Cyro de Mattos é diplomado em Direito pela Universidade Federal da Bahia, tendo atuado como advogado durante 40 anos nas comarcas da região cacaueira da Bahia. Jornalista com passagem na imprensa, foi redator do ‘Diário de Notícias’, ‘Jornal do Comércio’ e ‘O Jornal’ e nas revistas ‘A Cigarra’, ‘Cadernos Brasileiros’ e ‘Leitura’, além dos suplementos literários do ’Jornal do Brasil’, ‘A Tarde’, entre outros periódicos.

A cadeira n. 22 da Academia de Letras da Bahia tem como patrono José Maria da Silva Paranhos, o Visconde do Rio Branco. Foi fundada pelo magistrado Ruy Barbosa e já foi ocupada pelo educador Ernesto Carneiro Ribeiro Filho e por Aloísio Henrique de Barros Porto. A data da posse de Cyro de Mattos ainda será marcada.

Natal das crianças negras

natalgrd

O livro infantil “Natal das Crianças Negras”, do escritor baiano (de Itabuna) Cyro de Mattos, com ilustrações de Calasans Neto, publicação da Editora Livro.com, de Salvador, em seis idiomas, será lançado na sede da Academia de Letras da Bahia, localizada na Avenida Joana Angélica, 198, Nazaré, Palacete Goes Calmon, Salvador, no dia 5 de dezembro, às 18 horas.

Os tradutores da história infantil “Natal das Crianças Negras” para os outros idiomas são o Doutor Fred Ellison, Professor Emérito da Universidade de Austin, Texas (inglês); Doutora Luciana Wreger Rassier, da Universidade Federal de Santa Catarina (francês); Doutor Jean-José Mesguen, da Universidade Federal de Santa Catarina (francês); Doutora Meritxel Hernando Marsal, da USP, (espanhol); poetisa Mirella Abriani (italiano) e o Doutor Marcel Vejmelka, da Universidade da Mainz (alemão).

O livro “Natal das Crianças Negras” foi produzido também em forma digital pela FDigital IDP (Independent Direct Publishing), http://www.fdigitalidp.com, empresa sediada em Londres, que opera na preparação e na distribuiçãqo de eBooks para o Reino Unido, Europa, Estados Unidos, Canadá e América Latina. Segundo o gerente da FDigital IDP, Anfi Furnkranz, o livro está sendo distribuído para circular mundialmente pela iBookstore, Amazon, Sony Store, Barnes & Nobles e Borders. Já se encontra disponível nos sites seguintes:

http://www.gatosabido.com.br/ebook-download/164004/cyro-de-mattos-calasans-neto-marcia-tude-natal-das-criancas-negras.html

http://www.amazon.com/crian%C3%A7as-negras-Portuguese-Edition-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1354009848&sr=1-1&keywords=natal+das+criancas

http://www.amazon.co.uk/crian%C3%A7as-negras-Portuguese-Edition-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354009814&sr=8-1

http://www.amazon.fr/Natal-das-crian%C3%A7as-negras-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354010977&sr=8-1

http://www.amazon.de/Natal-das-crian%C3%A7as-negras-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354011013&sr=8-1

http://www.amazon.de/Natal-das-crian%C3%A7as-negras-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354011050&sr=8-1

http://www.amazon.es/Natal-das-crian%C3%A7as-negras-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354011078&sr=8-1

http://www.amazon.it/Natal-das-crian%C3%A7as-negras-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354011108&sr=8-1

http://www.amazon.co.jp/Natal-das-crian%C3%A7as-negras-ebook/dp/B00AC5BLQ0/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1354011158&sr=8-1

Editora na França Publica Livro do Poeta Cyro de Mattos

detes Uma antologia poética do baiano (de Itabuna) Cyro de Mattos, De tes instants dans le poème , acaba de ser publicada pelas Editions du Cygne, em Paris, na Coleção Poesia do Mundo, com a tradução do poeta Pedro Vianna para o francês. O desenho da capa é do baiano (de Ibicaraí) Ângelo Roberto. A antologia De tes instants dans le poème (De teus instantes no poema) apresenta poemas selecionados dos livros publicados Cancioneiro do Cacau, Vinte Poemas do Rio, Vinte e Um Poemas de Amor, Canto a Nossa Senhora das Matas, Os Enganos Cativantes e dos inéditos Rumores de Relva e Mar, Agudo Mundo e Devoto do Campo. A apresentação do livro é de Margarida Fahel, professora da Universidade Estadual de Santa Cruz, com especialização em literatura.

Poeta consagrado, da geração 60, Cyro de Mattos bebe na tradição da poesia universal, existencial e humana sem perder de vista os muros da aldeia. Purezas da infância, solidões na colheita do nada, verdes visões na rota da felicidade, mundo cego do homem contra o homem, o erótico e o afetivo no encontro perfeito do amor, vozes do campo, ora fraternas, ora gemidos, rumores de relva e de mar, idênticos de ternuras e dores na paisagem do tempo, tudo isso se encontra nesta antologia – De teus instantes no poema,, uma amostragem feliz de versos que inauguram novos sentidos na leitura da vida.

Com mais de 40 livros publicados, premiado no Brasil e exterior, Cyro de Mattos também tem livros editados em Portugal (2), Alemanha (1) e Itália (2). Seus poemas e contos participam de antologias publicadas em Portugal, Alemanha, Itália, Dinamarca, Rússia e Estados Unidos. Para adquirir o livro De tes instants dans le poème (De teus instantes no poema clique: www.editionsducygne.com

Cyro de Mattos participou da Bienal do Livro de Minas

cmmg1 O escritor baiano Cyro de Mattos participou da Bienal do Livro de Minas, realizada de 17 a 26 de maio, no Expominas, autografando dezenas de exemplares para as crianças do seu livro “Lorotas, Caretas e Piruetas”, poesia infantil sobre o mundo circense, publicado pela editora RHJ, de Belo Horizonte, com ilustrações do mineiro Luís Sartoris do Vale.

Participou ainda, no dia 19, da Mediação de Leitura, do PROLER em Minas Gerais, quando teve a oportunidade de falar sobre seus livros infanto-juvenis no estande da Fundação da Biblioteca Nacional. A Bienal do Livro de Minas é um programa cultural e divertido para pessoas de todas as idades, que contou, neste ano, com 150 expositores e atraiu cerca de 250 mil pessoas, de todos os cantos de Minas e de outros Estados.

Centenas de escolas visitaram o evento durante seus dez dias de intensa programação cultural. Os professores, estudantes e outros visitantes tiveram a oportunidade de encontrar seus autores preferidos, participar de sessões de bate-papos e debates sobre diversos temas com escritores, jornalistas e personalidades nos estandes das editoras e nos espaços Mundo dos Livros, Café Literário, Território Jovem, Livro Encenado, Goleada Literária, Praça Drummond, Bienal em Quadrinhos, Lançamento de Livros e Agenda de Expositores. As crianças também tiveram seu espaço garantido. Um conjunto de atividades lúdicas encantaram os pequenos visitantes com o fantástico mundo do livro, mostrando o quanto a leitura é divertida e prazerosa. cmmg2

Livro de Adonias Filho organizado por Cyro de Mattos foi lançado na Academia de Letras da Bahia

Publicado pela editora da UESC, a coletânea Histórias Dispersas de Adonias Filho, com prefácio, notas e organização do escritor Cyro de Mattos, foi lançada em noite de autógrafos na Academia de Letras da Bahia, Salvador, no dia 25 de abril, às18 horas. O evento foi promovido pela editora da Universidade Estadual de Santa Cruz e Academia de Letras da Bahia Na abertura do evento, o escritor Aramis Ribeiro Costa, presidente da ALB, apontou a questão polêmica desse tipo de publicação, em função de ser válida ou não a edição ao em livro de textos que o autor em vida não se preocupou em lançar num volume, completando que “cada caso é um caso”.

A seguir, o escritor Cyro de Mattos fez breve exposição das cinco histórias de Adonias Filho reunidas no livro, mostrando a importância de sua publicação em razão da beleza e expressividade que todas elas contém. Compareceram ao evento a ensaísta Gerana Damualkis, o poeta Renato Prata, o desembargador Luís Fernandes Pedreira, a desenhista Edsoleda Santos, o professor Hélio Rocha, o ilustrador Ângelo Roberto, o diretor da Editus, Jorge Moreno, leitores e admiradores de Adonias Filho e amigos de Cyro de Mattos.

Numa edição primorosa, com ilustrações do desenhista Ângelo Roberto, baiano nascido em Ibicaraí, o livro Histórias Dispersas de Adonias Filho apresenta cinco contos em que o escritor Adonias Filho transmite sua paixão por uma humanidade feita de verdades fundamentais através da visão dramática, lírica e amorosa, que palpita em seus protagonistas, nas passagens feitas de alusões e observações lúcidas.

O Brabo e Sua Índia, A Lição, Nosso Bispo, Amor no Catete e A Volta são as histórias que compõem a coletânea e que foram publicadas há mais de trinta anos, em revistas, jornais e antologias. A coletânea traz ainda uma pesquisa iconográfica feita com bom gosto pelo escritor Cyro de Mattos na qual é mostrado o consagrado romancista baiano Adonias Filho em momentos importantes de sua vida: tomando posse na Academia Brasileira de Letras, em repouso na sua fazenda Aliança, em Inema, em sua viagem a Luanda (África) e com os amigos Rachel de Queiroz, Jorge Amado e Gilberto Freire.

LEGÍTIMO CRIADOR

Há que se destacar como posfácio na coletânea o estudo Experiência de um Romancista, do Professor Emérito Doutor Fred Ellison, da Universidade de Austin, Texas, com tradução para o português do Professor Emérito Doutor Luiz Angélico, da Universidade Federal da Bahia. Cyro de Mattos, no prefácio da coletânea, declara que “o tratamento digno que imprime o legítimo criador de linguagem à sua gente, nestas Histórias Dispersas, que ora acontecem no interior do sul da Bahia, ora na Capital, já demonstra aquele que seria em sua carreira de escritor, entre o trágico e o lírico, um dos maiores intérpretes da natureza humana feita de sortilégios, ermos e pesos da vida, em sua dimensão mítica povoada de mistérios”.

O livro foi lançado em Itabuna, na faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC, no dia 4 de maio, enquanto o Memorial Adonias Filho vai programar o lançamento da obra em Itajuípe para o mês de junho deste ano, em data a ser escolhida.

Cyro de Mattos

Aramis Ribeiro Costa discursa durante o evento