COLÉGIO IMPACTO HOMENAGEIA ACADÊMICA GLÁUCIA LEMOS

O Colégio Impacto realizou, no dia 29 de abril, uma homenagem à acadêmica Gláucia Lemos, no âmbito do projeto “Recital de poesia- alimento do corpo e da alma”.

Os alunos do 1º ano do ensino médio realizaram estudos literários sobre o romance Bichos de conchas, da autora. O vice-presidente da Academia de Letras da Bahia, João Eurico Matta, esteve presente e falou sobre a importância da literatura e da homenageada aos estudantes e professores presentes no evento.

Os alunos apresentaram uma leitura recitada de trechos do livro e, em seguida, o vice-presidente falou da importância da Academia de Letras da Bahia. Gláucia Lemos falou sobre seu estilo narrativo e respondeu questionamentos de uma plateia de estudantes interessados em sua obra.

A idealizadora do projeto, a professora Mari Lima, comunicou que outros acadêmicos, como Florisvaldo Mattos e Ruy Espinheira Filho, também serão homenageados pela escola, por meio do estudo de suas obras nas próximas unidades.

Esse projeto faz parte de mais uma parceria entre escolas e a Academia, por meio do Ponto de Cultura – Espaço das Letras ALB.

Barbara Coelho

Anúncios

Aramis Ribeiro Costa permanece à frente da ALB no biênio 2013-2015

arb Em sessão ordinária, ocorrida no dia 6 de dezembro de 2012, o acadêmico Aramis Ribeiro Costa foi reeleito presidente da Academia de Letras da Bahia.

Aramis cumprirá seu mandato no biênio 2013-2015 com o apoio da diretoria composta pelo Vice-Presidente (João Eurico Matta), 1° Secretário (Evelina Hoisel), 2° Secretário (Gláucia Lemos), 1º Tesoureiro (Paulo Ormindo de Azevedo), 2° Tesoureiro (Luis Antônio Cajazeira Ramos), Diretor da Biblioteca (D. Emanuel D’Able do Amaral), Diretor do Arquivo (Joaci Góes), Diretor da Revista da ALB (Florisvaldo Mattos) e Diretor de Informática (Carlos Ribeiro).

O Conselho Editorial deste biênio é formado pelos acadêmicos Ruy Espinheira Filho, Myriam Fraga e Fernando da Rocha Peres. Fazem parte do Conselho de Contas e Patrimônio os acadêmicos Waldir Freitas Oliveira, Aleilton Fonseca e Paulo Costa Lima.

Barbara Coelho

A Lua no coração

Novo lançamento da acadêmica Gláucia Lemos

Novo lançamento da acadêmica Gláucia Lemos

A LUA NO CORAÇÃO é a história de uma menina de 12 anos, muito solitária, que gostava de passear na praia, e lá vai encontrar a amizade de um velho pescador de idade incalculável, igualmente solitário. Muito curiosa e ávida por aprender sobre as coisas da vida, tem no amigo uma pessoa que está sempre disponível para suas perguntas, parecendo sábio e experiente, pelo que conquista a confiança e admiração dela. Por sua vez, calmamente ele vai narrando para encantamento da menina, episódios da sua vida muito envolta em passagens mágicas, não faltando a figura de uma mulher que se encantava em flor e que era a antiga paixão do marinheiro. Por estas narrativas, a menina fica sabendo também da existência de um lugar maravilhoso onde se encontram todas as felicidades, e como a própria lua está associada à possibilidade de se chegar a tal lugar.

É uma história construida em clima de fantasia, em cujo conteudo, porém, a realidade está pulsando em cada capítulo, através dos personagens que vão aparecendo e das situações em que eles estão envolvidos. Assim, A LUA NO CORAÇÃO, um texto no qual a Saraiva editora está apostando, é mais uma ficção de Gláucia Lemos, para quem certamente curtiu O Mágico de Oz e O Pequeno Príncipe, e não se envergonha de encantar-se com a magia e os mistérios do maravilhoso.

Eleição de Gláucia Lemos

A nova acadêmica da Academia de Letras da Bahia, Gláucia Lemos, foi eleita em 29 de julho de 2010 para assumir a Cadeira 14 que teve o acadêmico Epaminondas Costa Lima como seu último ocupante.

Gláucia Maria de Lemos, é uma escritora brasileira, nascida em Salvador, Bahia, autora de vários títulos de literatura infanto-juvenil, como a coleção “Marujo Verde”, com quatro volumes publicados, mas também de contos, ensaios, resenhas e romances, alguns dos quais premiados (“O Riso da Raposa”, pela Academia de Letras da Bahia, em 1985, “A Metade da Maçã”, pela Secretaria de Cultura do Recife, em 1988, “As Chamas da Memória” pela União Brasileira de Escritores – Rio de Janeiro, em 1990 e “Bichos de Conchas”, vencedor do II Prêmio de Literatura da UBE/Scortecci, em 2007). A sua obra publicada é, praticamente na sua totalidade, prosa, exceptuando o livro de poesia infantil “O Cão Azul”. Tem, contudo, disseminada em várias páginas da Internet, alguma poesia da sua autoria.